Câmara Municipal de Vinhedo

Em 2017, economias da Câmara somam mais de R$ 2 milhões em recursos encaminhados aos cofres públicos de Vinhedo

Nesta semana, a Casa de Leis apresentou oficialmente os valores e formalizou entrega ao Executivo Municipal

  • DSC_0009
  • 171222_NR_devolucao_verbas_Neia
  • 171222_NR_devolucao_verbas_Neia_2

Encerrando o exercício fiscal, a Câmara Municipal de Vinhedo apresentou ao Executivo o resultado das economias realizadas pelo Legislativo em 2017. Com a contabilidade finalizando os cálculos, a Casa de Leis informa que o valor real das economias é de R$ 986.182,04, mais R$ 105.223,43 resultado de aplicações financeiras.

“De 2016 para este ano, o orçamento foi corrigido em apenas 0,36% – abaixo inclusive do índice da inflação, uma vez que já se projetavam menores custos com a redução de gabinetes dos antigos quinze para os atuais treze vereadores”, explica o presidente Nil Ramos.

Importante também destacar que o subsídio dos vereadores se mantém idêntico aos valores fixados pela 15ª legislatura, ou seja, não sofrem nenhum reajuste desde 2013. Ainda, e por força inclusive de direitos concedidos pela Constituição e legislação trabalhista, os funcionários da Câmara receberam este ano a repasse das perdas com inflação, na ordem de 4,08%. “Temos respeito com o dinheiro público e com o servidor”, reitera Nil Ramos.

A economia com os recursos da Câmara é compromisso de todos os vereadores e foi reiterada publicamente logo no início desta legislatura. “Em janeiro, quando auxiliamos os estudantes universitários no diálogo com a Prefeitura, registramos o compromisso de economizar R$ 1 milhão para que o transporte fosse garantido. Cumprimos e economizamos muito mais”, comenta o presidente da Casa de Leis. Assim, o total economizado e devolvido ao município é de R$ 2.091.405,40.

Para o presidente da Casa de Leis, as economias na administração dos recursos próprios do Poder Legislativo municipal devem ser analisadas considerando, ainda, a soma dos esforços de cada um dos parlamentares. “Além da economia dos recursos próprios, precisamos considerar os esforços dos vereadores que contribuíram buscando verbas parlamentares, auxiliando no planejamento da destinação dos recursos e com a fiscalização”, explica Nil Ramos, referindo-se às diversas ferramentas legais de atuação do vereador.

Da dotação orçamentária de 2017, o Legislativo reservou R$ 780.761,78. O valor é destinado a restos a pagar – em conformidade com o previsto na Lei Complementar nº 101 de maio de 2000 – Lei de Responsabilidade Fiscal.

A utilização dos recursos públicos no Legislativo vinhedense pode ser acompanhada através do Portal Transparência – espaço no qual a população pode analisar documentos atualizados constantemente como relatórios da gestão fiscal, custos com folha de pagamento e licitações.

Reunião

A apresentação dos valores ao Executivo foi realizada em reunião na tarde desta sexta-feira, dia 22, entre o presidente da Câmara de Vinhedo, Nil Ramos (PSDB) e a prefeita em exercício, Claudineia Vendemiatti Serafim (PSDB).

Durante a reunião, o vereador Nil Ramos sugeriu algumas aplicações para os recursos economizados pela Câmara. “Ouvimos várias solicitações da comunidade, por isso fazemos estas sugestões”, explica Nil Ramos. Entre as destinações sugeridas, estão a aplicação de R$ 1,5 milhão em Educação; R$ 500 mil na reforma e ampliação da Santa Casa; R$ 41 mil para zoonoses e R$ 50 mil para manutenção de parquinhos infantis instalados em praças públicas.

O presidente Nil Ramos (PSDB) também reforçou a revisão feita no orçamento da Câmara para 2018. “Reduzimos em mais de R$ 2 milhões a dotação orçamentária da Câmara de Vinhedo para 2018 e destinamos os recursos para investimentos em Educação, Saúde, Meio Ambiente, Esporte e Obras, ou seja, já iniciaremos o ano com mais uma economia”.

Responsabilidade

Os limites de despesas dos Poderes Públicos são determinados pela Constituição Federal. O Capítulo IV da Constituição trata especialmente da distribuição dos recursos para municípios e determina que, conforme Emenda Constitucional nº 58/2009, o total da despesa do Poder Legislativo Municipal está limitada em 7% para municípios com população de até 100 mil habitantes (CF/1988, art. 29-A).

Para o exercício 2018, o orçamento total da Câmara Municipal será de R$ 10.827.600,00, ou seja, 2,34% do orçamento do munícipio. “Reiteramos nossa condição de eficiência no Legislativo e nosso compromisso de respeito com os recursos públicos”, afirma Nil Ramos.


Fonte: Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Vinhedo

Últimas Notícias

Nil Ramos elogia parceria para revitalização da praça de lazer utilizada pela E.M. Antônia do Canto, no Jardim Brasilleia mais

Vereadores Marcos Ferraz e Rui “Macaxeira” conhecem detalhes do serviço de transporte público na cidade de Valinhosleia mais

Sandro Rebecca comenta mudança de secretariado da Prefeituraleia mais

Projeto de Lei Complementar sobre proibição do comércio de “fogos” é tema em discurso da vereadora Flávia Bitarleia mais

Rodrigo Paixão alerta sobre abertura de debates do Plano de Desenvolvimento Urbano Integradoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia